Henrique Gabriel

n. 1960, Vila Cova de Alva, Arganil (Coimbra), Portugal

Frequentou os cursos de Artes Plásticas, da ARCA (Coimbra 1977) e de Design Gráfico da ARCO (Lisboa, 1981) | Inicia-se como profissional de Artes Gráficas (1978) | Foi Designer e Visual Art Creative (até os anos 90) | Expôs, pela primeira vez, na colectiva MAC (Movimento de Artistas de Coimbra, 1980) | Na charneira do 3.º milénio, reata a paixão vocacional intuitiva pelas artes plásticas e visuais (pintura, assemblage e modelação escultórica) | Essa decisão resulta do apelo iniciático de uma primeira Peregrinação a Compostela, vindo a estudar e explorar as suas trilhas ancestrais | Dedica-se à investigação esotérica | Fotografa, desenha, pinta. E lê | Reinicia o seu percurso expositivo, após reunir uma colectânea de trabalhos temáticos, revelados na sua individual "Caminho de Santiago" (Casa da Xuventude de Galícia, Lisboa, 2001) | Desde então, integra dezenas de presenças em colectivas institucionais, em Portugal (Continente e Madeira) e no estrangeiro (NY-USA) |Realiza individuais temáticas, em variadíssimos espaços e galerias privadas, em Portugal, na Galiza e Catalunha (Barcelona). | Autor de banda-desenhada didáctica infanto-juvenil, peças originais digitais e artefactos multimédia | Co-autor do inédito “Hormonas para Sísifo” (3 vols) | Reproduções gráficas de originais seus capeiam bibliografia ensaística sobre “Agostinho da Silva”, “Cavalaria, Maçonaria e Espiritualidade”, de Michel Bedaton & Rémi Boyer (ed. Zéfiro), o “Livro de Cavalaria” (ed. Chancela Real), capas das revistas “Liberatura” e “Nova Águia” | No âmbito da artemedia (foto-criativa digital) explora desenvolvimentos virtuais, digigráficos e ensaios audiovisuais inovatórios em 3D (v.Youtube). | Detentor (entre outros) do Prémio bienal (Arte Digital) ‘Utopia-2009’ (Núcleo Português Arte Fantástica) | Tem no prelo, um livro-álbum (catalogação pro-Raisonné da sua obra recente) e um estudo retrospectivo (ensaio-crítico) de José-Luis Ferreira “H.GABRIEL-imagética do pensamento & pintura objectual de culto”, prefaciado por José Manuel Anes. | 2014/2018 - Foi responsável pela curadoria de exposições (individuais e colectivas) de artes plásticas, performances e outros eventos culturais, como coordenador da galeria Espaço ARTE Europa-América, Lisboa Portugal.

eu.jpg